Cinco advogados de Mato Grosso são suspeitos de fraudar clientes

A Ordem dos Advogados de Mato Grosso (OAB-MT) vai abrir um procedimento ético-disciplinar que pode resultar na cassação profissional dos advogados, por captação ilícita de clientes, principalmente no interior do Estado.

Cinco advogados são suspeitos de captarem clientes por meio da fraude; quatro possuem escritórios em Cuiabá e um deles, em Sinop. Conforme à denúncia, os profissionais estariam usando as redes sociais, como principal meio para ludibriar os clientes, por meio de anúncios de “Feirão limpa Nome” ou “Nome Limpo Já” e prometendo a estes inadimplentes, ficarem em dia com os seus credores, além de processá-los com direito a indenizações variáveis de R$3 a R$10 mil.

Segundo informações, as empresas que estariam no alvo de processos, seriam das áreas de telefonia móvel, TV por assinatura, energia elétrica e sistema financeiro.A conduta é punível pela OAB, com possível pena de exclusão do advogado dos quadros da Ordem, diante da gravidade dos atos, que ferem o Código de Ética e Disciplina.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
%d blogueiros gostam disto: