ESTRADAS: Investimentos e tarifas são as principais dúvidas em torno da concessão

Assunto foi tema de reunião conduzida pela SINFRA-MT na tarde de ontem, na sede da OAB

As principais dúvidas que pairam sobre a concessão dos trechos Itanorte-Jangada e MT-480 dizem respeito aos investimentos que a concessionária realizará e o valor da tarifa.

A reunião de ontem foi promovida pela Secretaria de Estado de Infraestrutura na sede da OAB, em Tangará da Serra, e foi conduzida pelo secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Duarte. Dela participaram empresários, produtores rurais, profissionais liberais, representantes de entidades e lideranças políticas locais, entre elas o prefeito Fábio Junqueira, o presidente da Câmara Hélio Schwaab, vereadores e o deputado estadual Wagner Ramos.

Assunto foi tema de reunião conduzida pela SINFRA-MT na tarde de ontem, na sede da OAB
Assunto foi tema de reunião conduzida pela SINFRA-MT na tarde de ontem, na sede da OAB

Investimentos

Ao todo, serão 233 quilômetros em concessão por 30 anos para cobrança de pedágio no trecho que envolve as MTs 358, 343 e 246, desde o entroncamento com a BR-364, na divisa com Campo Novo do Parecis, até o entroncamento com a BR-163, no município de Jangada, e a MT-480.

Investimentos somarão R$ 700 milhões ao longo dos 30 anos, mas a metade será investido nos primeiros cinco anos, incluindo alteração do traçado da “curva da morte”
Investimentos somarão R$ 700 milhões ao longo dos 30 anos, mas a metade será investido nos primeiros cinco anos, incluindo alteração do traçado da “curva da morte”

O contrato de concessão dos dois trechos contempla um valor global de R$ 3 bilhões. Os investimentos, porém, somarão R$ 700 milhões, sendo metade nos primeiros cinco anos. Entre estes investimentos consta alteração no traçado da chamada ‘curva da morte’, no trecho em declive da MT-358, na Serra dos Parecis.

O edital prevê sinalização completa, ambulâncias, guinchos leves e pesados, veículos de inspeção, unidades móveis de combate a incêndios e de captura de animais. Também haverá obras de infraestrutura nas travessias com perímetros urbanos nas cidades e nos distritos, faixas para travessias de pedestres e monitoramento por câmeras ao longo do trajeto.

Praças

As praças de pedágio serão instaladas onde havia o posto fiscal, na MT-246 (proximidades com trevo de Jangada), entre Barra do Bugres e Nova Olímpia (MT-358), nas proximidades do distrito de Progresso (também na MT-358, já em Tangará da Serra), e nas proximidades do entroncamento desta rodovia com a BR-364, no alto da Serra dos Parecis.

Segundo a SINFRA-MT, tarifas serão cobradas somente a partir de 2020, após a recuperação completa dos dois trechos
Segundo a SINFRA-MT, tarifas serão cobradas somente a partir de 2020, após a recuperação completa dos dois trechos

Na MT-480, duas praças serão instaladas entre o perímetro urbano de Tangará da Serra e a Linha 12, e nas proximidades do entroncamento com a BR 364, em Deciolândia.

Tarifa

Cada praça de pedágio cobrará a tarifa de R$ 7,90, valor fixado em edital e definido após estudo de viabilidade realizado por equipe especializada contratada pelo governo.

Respondendo a questionamento de um dos participantes acerca do valor da tarifa, os representantes da Sinfra alegaram que o valor de R$ 7,90 foi apurado considerando a ausência de subsídios do governo (que hoje ocorre em praças como as da BR-163). O valor contempla, além da manutenção, investimentos em obras durante os 30 anos de concessão. “Levamos em conta a viabilidade da concessão. Há uma diferença importante entre este modelo que adotamos, que inclui investimentos, e os modelos com gestão por associações, que preveem somente manutenção”, argumentou Marcelo Duarte.

Segundo o secretário, o pedágio pago nas praças será compensado pela boa qualidade da pista, maior segurança de tráfego e consequente redução de acidentes, além de economia aos usuários com o menor desgaste e consumo de combustível dos veículos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
%d blogueiros gostam disto: