Incêndio em terreno baldio na Avenida Brasil coloca em risco a vizinhança

Incêndio em terreno baldio, na Av. Brasil, no bairro Vila Alta II.

 

Mato Grosso registra altas temperaturas e a umidade do ar tem despencado, se mantendo abaixo de 30% e entra em estado de atenção, devido ao clima seco.

Segundo a escala usada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a umidade relativa do ar ideal é de 60%. Abaixo de 30% e acima de 20% já representa estado de atenção. Para piorar a situação, o período mais seco do ano também provoca o surgimento de queimadas. Só que em algumas situações, os incêndios são ocasionados pela própria população.

Conforme o comandante adjunto, do Corpo de Bombeiros, Tenente Fábio dos Santos Sabino, não se pode afirmar que todos os focos em área de vegetação, são causados de forma criminosa. Um dos incêndios controlados pela equipe, ocorreu na noite desta quarta-feira (18), em um lote vago, na Av. Brasil, na altura do bairro Vila Alta II. “ O fogo tomou conta de toda a área e tivermos que trabalhar rápido para combater as chamas e como ali é uma área residencial e também de comércios, poderia ter se tornado uma ocorrência grave, pelo risco de propagação do fogo, atingindo as casas”.

Segundo relatório do mês de julho, emitido pelo Corpo de Bombeiros de Tangará da Serra, já foram contabilizadas 46 ocorrências, em área de vegetação. Já Mato Grosso, apesar de ser o estado campeão de queimadas no país, com 5.224 registros, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), revela que este índice é 4% menor, do que os focos registrados no mesmo período do ano passado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar