Ataque partidário: Pedro Taques é alvo em vídeo com insinuações desonrosas

A campanha eleitoral nem começou, mas os ataques de politicagem, sim. Circula pelo WhatsApp, um vídeo de aparições do governador Pedro Taques (PSDB), em campanha, destacando o que ele não cumpriu, diante de seu plano de governo, lançado em 2014.

A edição também faz referência, ao escândalo de corrupção envolvendo o primo do governador, e ex-secretário Chefe da Casa Civil, Paulo Taques, acusado de envolvimento em um esquema de propina no Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O envio foi realizado por um número de celular com prefixo “82”, que corresponde à linhas móveis, do Estado de Alagoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar