Tangará da Serra: Atenção básica terá recursos de R$ 800 mil

Recursos foram viabilizados através de emenda parlamentar

O Ministério da Saúde já depositou na conta do município de Tangará da Serra recursos de R$ 800 mil para custeio da atenção básica através do Sistema Único de Saúde (SUS). O recurso é resultado de emenda parlamentar proposta em outubro do ano passado pelo vereador Rogério Silva (MDB), que atuou como deputado federal entre julho e novembro.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Itamar Martins Bonfim, a emenda consiste em incremento de teto referente ao Piso de Atenção Básica (PAB). “Este dinheiro será aplicado principalmente nas unidades de saúde da família (USF’s) e em saúde bucal”, confirmou o titular da pasta.

Bonfim ressaltou a importância da chegada destes recursos a poucos dias para o bloqueio das liberações em razão do pleito eleitoral. “É um aporte pontual para a saúde pública local, que se ressente da irregularidade de repasses, principalmente do governo do Estado”, observou.

O valor original da emenda era de R$ 1 milhão, mas sofreu uma redução de R$ 200 mil por intervenção do deputado Valtenir Pereira, que redirecionou a 20% do montante a outro município assim que reassumiu o cargo, em novembro último.

De acordo com o secretário, o setor de saúde do município já recebeu via emenda parlamentar outros R$ 4,4 milhões destinados ao custeio do hospital municipal, do laboratório de análises clínicas, do setor de fisioterapia e do centro de especialidades. O Ministério da Saúde deverá entregar, ainda este mês, 10 ambulâncias para a região, sendo duas delas para Tangará da Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
%d blogueiros gostam disto: