“Falso médico”: Bruno Oliveira é suspeito de fraudar o diploma de formação acadêmica em medicina

FolhaMax

O Conselho Regional de Medicina (CRM-MT) detectou mais um falso graduado em medicina, que tentou obter o registro profissional, em Mato Grosso. O suspeito, Bruno César Olímpio de Oliveira, 32 anos, é residente em Cuiabá,  e foi surpreendido por agentes da Polícia Federal, na sede da Autarquia nesta segunda-feira, no momento em que supostamente receberia a Carteira Profissional.

Após checagem junto à instituição de ensino superior (Universidade de Cuiabá – Unic), os funcionários do setor de registros do CRM-MT, descobriram que Bruno Oliveira, nunca havia sido matriculado, tão pouco concluído o curso de Medicina. Os documentos apresentados por ele não estavam de acordo com os padrões da instituição.

Diante da negativa da universidade, o departamento jurídico do CRM-MT requereu junto a PF a instauração de Inquérito Policial para apurar os fatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
%d blogueiros gostam disto: