Após denúncia de advogada, três homens são presos por extorsão e esquema de captação ilícita de clientes

Três homens foram detidos nesta semana, em Cuiabá, suspeitos de participarem de um esquema de captação ilícita de clientes e outros crimes, supostamente a mando de advogados. Toda ação foi acompanhada por membros do Tribunal de Defesa das Prerrogativas (TDP) e da Procuradoria da Ordem dos Advogados do Brasil – Mato Grosso (OAB-MT) em apoio aos profissionais que atenderam o cliente coagido pelo trio.

A advogada Suzinete Almeida, denunciou a ação depois que o cliente, foi procurado pelos acusados, praticando intimidação e ameaças. Conforme a advogada, eles alegaram à vítima, que facilitariam o recebimento de um valor depositado judicialmente, desde que recebessem a metade em troca. Para isso, entraram inclusive em contato com escritório se fazendo passar pelo cliente.

Para obter as informações sobre  o alvará para pagamento, os acusados teriam tido acesso ao sistema processual da Justiça de Mato Grosso, (Projud),  mediante senha disponibilizada por algum profissional da advocacia. Além disso, para forçar a pessoa a receber o valor e fazer a divisão com eles, teriam ainda apreendido e levado sua moto para outro local, como forma de intimidação, de acordo com relato da advogada.

Os acusados Sandro Brides da Silva, Natanael Manoel de Oliveira e Rafael Xavier de Moraes, responderão por tentativa de extorsão, corrupção ativa e formação de quadrilha.

Para a OAB-MT é fundamental descobrir quem são os profissionais da advocacia agindo por trás dos captadores para que sejam enquadrados nas faltas éticas e disciplinares previstas no Estatuto da Advocacia, que explicita a vedação de oferecimento de serviços profissionais que impliquem, direta ou indiretamente, na captação de clientes.

As denúncias podem ser feitas pelos telefones 3613-0939/0940 ou diretamente à Ouvidoria da OAB-MT pelo endereço eletrônico http://oabmt.org.br/ouvidoria.

Fonte: OAB – MT

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar