Copiloto de avião carregado com cocaína pertence ao Exército boliviano

O copiloto do monomotor carregado com cerca de 300 quilos de cocaína, interceptado em Tangará da Serra, na manhã de sábado (9) é membro do Exército boliviano, segundo o Grupo Especial de Fronteira (Gefron-MT).

Conforme o Gefron, o boliviano, Aldo Sanches Sandoval e o piloto Haryson Pedrosa Pina, ao fazerem o pouso forçado na área rural, de Salto do Céu, tentaram fugir abandonando a aeronave, mas foram detidos. Em depoimento, o boliviano disse pertencer ao Exército de seu país, e que por 5 mil dólares, aceitou fazer o transporte do entorpecente.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, a carga tinha como destino a cidade de Chapada dos Guimarães.  Os suspeitos estão presos na Polícia Federal de Cáceres.

A ação, de acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), faz parte da Operação Óstium, de repressão ao tráfico de drogas, armas e contrabando nas fronteiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar