Cidades

17/04/2018 11:40

"Ela está extremamente abalada", diz fonte próxima a médica

Letícia Bortolini está presa em Cuabá após atropelamento que resultou na morte de verdureiro

"Ela está extremamente abalada com tudo o que aconteceu". Foi assim que uma fonte descreveu ao MidiaNews a situação da médica Letícia Bortolini, de 37 anos, que está detida no presídio feminino Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

Ela foi presa em flagrante sob suspeita de, alcoolizada, atropelar e matar o vendedor Francisco Lucio Maia, de 48 anos, em um acidente na avenida Miguel Sutil, na noite de sábado (14).

À reportagem, a fonte próxima à família disse que não sabe revelar mais detalhes sobre o acidente.

"Foi uma fatalidade, que poderia acontecer com qualquer um. Não tenho nenhum detalhe. Só posso dizer que ela e sua família lamentam profundamente essa tragédia".

Segundo a fonte, Letícia é mãe de uma criança de 1 ano, que a chama constantemente. 

 

No domingo, a juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira, da 9ª Vara Criminal, converteu a prisão em flagrante em preventiva, sem prazo definido. 

Ela não aceitou o pedido da defesa em converter a prisão para domiciliar, por causa da criança. O caso deverá ser redistribuído nesta segunda-feira (16), provavelmente à Vara de Delito de Trânsito, em Cuiabá. 

A fonte disse também que a médica irá prestar assistência à família da vítima.

 

Sem visitas

Segundo apurou a reportagem, a médica está em uma cela especial, com outras três mulheres. Por enquanto, ela não pode receber visitas de familiares ou amigos, apenas dos advogados.

As visitas devem ser liberadas após uma semana, e as pessoas precisam estar cadastradas. 

Midia News.


273x100
273x100
273x100
273x100

Bem Notícias

Diretor Geral
Zied Coutinho

Titulo fixo

Facebook

Bem Notícias - © Copyright - 2016 - Todos os direitos reservados

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo